fbpx

Rumo a um novo patamar

Sim, fui feliz. Dos 15 aos 18 anos experimentei uma fase de intenso amor, amor próprio. Amor este ancorado nas minhas amizades, no convívio nos corredores do colégio onde estudara desde a quinta série.

A percepção de integração, de domínio, me colocava segura diante dos aprendizados e dos desafios deste período pré-vestibular.

Cada vez mais um me entendia como pessoa e encontrava na escrita e no teatro a minha melhor forma de expressão.

Chegar a este patamar me colocou diante de novos horizontes, novos sonhos, que despertaram em mim novas ambições e uma irrefreável vontade de lançar-me ao novo. A um novo patamar.

(exercício “anos rebeldes” de escrita rápida a partir de visualização e mapa mental, dentro do método Escrita Total, ministrado pelo Dr. Edvaldo Pereira Lima)

Rumo a um novo patamar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.